The Only Exception
Domingo, 26 de Setembro de 2010

capítulo 4. ❤

uma aula ao lado de um ET, é mau, uma aula ao lado de um assassino é mau, uma aula ao lado de um vampiro é mau, uma aula à beira o justin é péssimo ! já era a segundo aula que estava a ter à beira dele.

mas o melhor de tudo ? é que segundo a minha dt é que os lugares que a stª. estef escolheu, foi os lugares que foram decididos na reunião, ou seja: em todas as aulas (menos as de fisica) sou à beira do irritante do justin ! ok, eu começava a odiar todos os professores, pelo menos os meus por me obrigarem a atura-lo, e eu a pensar que a stª. bri fosse fixe, para quem não sabe a stª. bri é a minha directora, é, todas as professoras aqui tem diminutivos, o nome dela é briana.

rapariga: posso entrar ?

stª. bri: bridgit, correcto ?

rapariga: certo.

stª. bri: podes entrar.

a bridgit é uma rapariga bonita, nunca a vi por cá. dãah, claro que não, se é nova !

stª. bri: mas só vieste tu ?

bridgit: não, o meu irmão já vem aí.

rapaz: posso ?

stª. bri: randy ?

rapaz: sim. - sorriu.

stª. bri: sejam muito bem vindos à turma.

payton: woow, já viste que gato ? - sussurrou-me.

eu: já interessada ?

payton: não, só o acho giro.

eu: claro.

para dizer a verdade o ryan era giro, e mal chega já tem alguém tão bonito como a payton atrás dele.

stª bri: vamos então fazer a apresentação à turma, se faz favor.

ryan: começas tu ?

bridgit: nem morta - fez-lhe uma careta - começa tudo. - sorriu.

ryan: eu sou o ryan, tenho 16 anos e vim de Lisboa.

bridgit: eu sou a bridgit, mas podem-me tratar por brit, tenho 16 anos e vim de Lisboa. - sorriu.

stª. bri: muito bem, então - foi interrompida.

rapariga: é aqui o 12º qualquer coisa ?

stª. bri: querida, qualquer coisa dá para muitas letras.

rapariga: mas eu não me lembro dela.

stª. bri: de quem ?

rapariga: da letra.

stª. bri: savannah ?

rapariga: oui.

stª bri: podes entrar. - sorriu. - podes-te apresentar à turma ?

ela tinha um estilo diferente, não parecia ter aspecto de menina rica e mimada, assim como eu gostava ! mesmo com o uniforme conseguiu mostrar inreverência, loira e com madeixas rosas escuras e com pins e coisas assim no uniforme, gostei ! o justin pareceu preferir a bridgit, talvez porque o tipo dele são as betinhas e doces, claro: as mais faceis de ter algo !

savannah: posso-me apresentar, dizer o que eu quiser ?

stª. bri: sim claro.

savannah: hmm gostei - sorriu - eu sou a savannah, sim eu sei, não é nome de gente ! mas também quando conhecerem a minha mãe vão perceber, wherever, portanto tratem-me por anna, tenho 16 anos e nem sequer sei de onde vim, devido ao facto de estar sempre a mudar de país, enfim. nos meus tempos livres ... - é interrompida.

stª bri: querida, não precisas de dizer isso.

anna: num me deu premissão para dizer tudo o que eu queria ? então, por favor deixe-me acabar.

stª. bri: se fazes tanta questão.

anna:sim, faço - sorriu - como eu estava a dizer, nos meus tempos livres adoro estar naqueles chats para arranjar namorados virtuais, e fazer-me passar por outra pessoa, é tão divertido ver aqueles tipos a engolirem tudo o que lhes digo, but, também sou normal, pois sim, e adoro ouvir música, e mais alguma coisa peçam mail ou número. - sorriu.

a turma toda começou-se a rir, até a professora !

stª, bri: ryan, podes-te sentar à beira da tua irmã atrás da payton e do jake.

brit: quem são esses ?

stª, bri: é aquela menina loira à beira do moreno, na terceira fila.

ryan: está bem.

anna: e eu ?

stª, bri: sentas-te atrás do justin e da caitlin.

anna: eý, qual de vocês é o justin e a caitlin ? - gritou.

eu: sou eu. - levantei o braço.

anna: bem, acho que já encontrei o meu lugar. - sorriu.

stª, bri: sim, arece que sim. - riu-se.

ryan: olha, tens uma caneta que me imprestes ?

payton: de que cor ? - sorriu.

ryan: azul. - sorriu.

payton: pega. - entregou-lhe a caneta e tocaram na mão um do outro.

ryan: obrigado. - sorriu e retirou logo a caneta.

payton: de nada. - sorriu envergonhada.

anna: putts grilla, o romance começa cedo.- disse - upps, acho que falei um pouco alto demais.

a cara dos dois quando a anna disse aquilo, partiu tudo ! é directa, hmm, gostei.

mensagem: "ele é tão lindo +.+ e a pele dele ai mãeeee ! e o seu sorriso, e a sua voz ! e aquele cabelo ? e aquela maneira de andar ? $:

de: payton."

resposta: "menos payton ! muito menos ! mas sim, admito que é giro ... mas deixo-o para ti, porque parece que também está interessado. (;

de: caitlin."

payton: aaaaaaah. - gritou.

stª, bri: estás bem payton ?

payton: sim, estou, desculpe stora, é que pareceu-me ver uma barata, mas afinal era só a aguça do jake.

jake: mas eu nem sequer tenho aguça.

payton: cala-te- da-lhe uma cotovelada e sorri.

stª, bri: hmm, está bem.

a payton logo a dar nas vistas, se há algo que esta rapariga não sabe controlar é o seu histerismo !

payton: viste o quê que fizeste ? - sussurrou.

eu: eu ? o quê que eu fiz ?

payton: foi por causa da tua mensagem.

eu: só disse a verdade, queres ver ? - olhei para trás - anna, não é verdade que ali o ryan parece estar interessado na payton ? - sussurrei.

anna: interessado ? miúda, viste a troca de olhares que vocês tiveram quando se tocaram ? - sussurrou.

ryan: eu estou aqui. - sussurrou-nos.

payton: hmm, ahm ... - virou-se para a frente toda envergonhada.

eu/anna: ahahahah. - não nos controlamos e tivemos um ataque de riso.

ele: controla-te.

eu: o quê que tu queres afinal ?

ele: que te cales.

eu: mas não me calo, bla blá blá blá.

ele: - pos-me a mão na boca.

eu: - trinquei-lhe a mão.

ele: auuuuuuu ! - gritou.

stª, bri: mas hoje deu tudo uma de gritar ?

ele: desculpe stora.

stª, bri: mas estás bem ?

ele: sim, estou ! foi só uma melga que me ferrou.

keana: mas estás bem amor ?

ele: agora não.

keana: porquê amor ?

ele: apareceu outra.

keana: outra quê ?

ele: melga.

eu: ahahahahah. - tive um ataque de riso.

keana: não percebi amor. - fez uma cara confusa.

anna: eita mulher burra.

stª, bri: não sei se algum de vocês já se deu conta, mas estão numa aula.

anna: agora já não. - disse ao dar o toque de saída.

stª, bri: saiam lá. - sorriu.

ele: bridgit, num é assim ? - sorriu.

brit: é. - sorriu toda vidrada nele.

ele: num queres ir dar uma volta para te apresentar melhor a escola ? - sorriu.

brit: e num há problema com a tua namorada ?

ele: eu não namoro. - sorriu.

brit: então sendo assim, vamos. - sorriu.

como eu disse: faceis de mais !

payton: vocês fizeram-me passar uma vergonha tremenda !

anna: desculpa. - riu-se.

eu: ryan ?

ryan: sim ?

eu: não queres vir dar uma volta connosco ?

ryan: só com miúdas ?

anna: não, esse teu amigo também vem.

jake: quem eu ?

anna: sim.

jake: desde quando ?

anna: desde que eu decidi. - puxa-o. - vamos.

payton: ai mãe. - disse a morrer de vergonha.

eu: calma payton. - sussurrou.

keana: aqui estás tu.

anna: estás a falar para quem ?

keana: para ti !

anna: mas eu conheço-te ? - arqueou a sobrancelha.

kisondra: não, mas vais logo passar a conhecer quando resolvermos as coisas contigo.

anna: ui, isso é uma ameaça princesa ?

keana: nunca devias ter-me insultado.

anna: mas tu estas-te a passar ?

jake: calma, ke.

keana: calma nada, esta bratz chamou-me de burra.

eu: e mentiu ?

keana: cala-te que a conversa não é contigo.

eu: estás a falar com uma amiga minha, portanto é.

keana: só a conheceste ao bocado.

payton: e depois ? ela não disse que eram melhores amigas, ou disse ?

kisondra: tu cala-te.

payton: mas tu estás a mandar calar quem ?

ryan: eý, podem ter calma ?

anna: óh miúda, ganha tino ! andas atrás de um chavalo que só quer distância de ti.

kisondra: eu ?

payton: não, ela estava-se a referir à keana, mas tu também andas.

kisondra: ando atrás de quem, diz-me lá.

eu: do jake, já toda a gente percebeu.

jake: de mim ?

eu: sim, ela gosta de ti, óh atrasado.

jake: a sério ? - perguntou espantado.

payton: sim !

jake: num sabia. - coça a cabeça.

keana: és mesmo lento.

jake: não tenho culpa.

keana: a tua sorte é estar a tocar.

anna: se não o quê que acontecia ?

keana: nem queiras saber.

anna: faz um favor ao país: faz tratamento psiquiátrico !

sasha: meninas andava à vossa procura.

kisondra: estavamos aqui a resolver uns problemas.

sasha: deixem isso para depois que agora vamos ter a melhor aula de todas.

kisondra/keana: educação fisica ! - gritaram.

ryan: hein ?

jake: são sempre assim.

sasha: vamos amor ?

luke: vamos.

sasha: meninas, venham.

keana: tchau falhadas.

kisondra: tchau otárias.

anna: tchauzinho ! - acenou com a mão e fez uma voz super fininha.

ryan: isto é sempre assim ?

eu: é.

ryan: é bom saber.

anna: vamos ? que eu estou com vontade de fazer fisica.

jake: vamos lá.

chegamos ao balneàrio e já lá estva a brit e a keana a olhar-lhe de lado por causa do justin, a brit ignorou os olhares e saiu e de seguida foram as barbies todas, depois fomos logo nós.

o nosso stor é super fixe e para não falar do quanto é lindo ! é nosso professor de fisica e marido da nossa stora de matemática, é super exigente, mas brincalhão. enfim é o stor channing !

stor: então isto é muito simples: para quem me conhece sabe como sou, e para os novos alunos só tenho uma coisa a dizer: não se esqueçam do equipamento. - sorriu.

keana: stor, o quê que vamos fazer hoje ?

stor: ainda bem que perguntas ... vamos fazer exercicios de confiança.

sasha: isso é o quê ?

anna: basicamente, vais ter que confiar nos teus colegas, e fazer coisas do tipo de te te deixares caír no colo dele e etc.

stor: muito bem, como é que te chamas ?

anna: savannah, mas prefiro que me tratem por anna.- sorriu.

stor: bem, como a vossa colega anna disse e muito bem, vão ter que fazer grupos de dois.

kisondra: somos nós que escolhemos ?

stor: claro que não, se não vocês vão escolher quem confiam, e este exercicio baseia-se em ganahr confiança em outras pessoas.

keana: fogo.

stor: onde keana ? é que se chama já os bombeiros. - riu-se.

keana: óh stor ! - riu-se.

stor: antes de mais nada, os dois novos alunos têm que se apresentar para eu poder saber o nome deles.

ryan: eu sou o ryan.

brit: eu sou a bridgit, mas prefiro que me tratem por brit.

stor: muito bem, brit ! vocês conhecem-se ?

ryan: yap, somos irmãos.

stor: muito bem, vamos lá aos pares.

ele: desculpe o atraso stor.

stor: comecemos já por ti justin.

ele: o quê ?

stor: os pares, eu já vos explico melhor.

ele: está bem, e eu fico com quem ?

stor: com a caitlin.

eu: como é quié ?! - gritei.

 

continua ...

estás a ler:
publicado por p;αndяαde. ॐ às 16:40
| comentar.
16 pintinhos piu:
De petra. a 26 de Setembro de 2010 às 17:48
(:
De - huun a 26 de Setembro de 2010 às 17:52
ahahahah :o
acho que vou adorar o próximo capítulo! parece mesmo que sim xD
continua sim ? <3
De Bed Of Roses a 26 de Setembro de 2010 às 17:54
ehee :)
De carolina lewis a 26 de Setembro de 2010 às 17:55
ahahahahahahhahahahhaha xD oh pá, esta fic é brutal xD
beijinho :)
De Meia Hora a 26 de Setembro de 2010 às 18:56
adoro as discussões da cat e do justin!
estão destinados ao amor, lool!
De daduca a 26 de Setembro de 2010 às 22:01
Obrigada sou uma perita em encontrar essas fotos do justin bieber :p beijos queridaa
De Daniela Cristina's Diary a 26 de Setembro de 2010 às 22:59
ok , a caitlin esta com azar xD , tem de aturar o justin nas aulas e agora tem de fazer o exercicio de fisica com ele xD
estou a gostar imenso de seguir a tua historia :D
beijinhos
De Catie ♥ a 26 de Setembro de 2010 às 23:16
Tenho , mas acho q n vou continuar e vou começar outra :b
De daduca a 26 de Setembro de 2010 às 23:23
Fã é pouco + sim sou (gosto mtu dele) :p e tu gostas do Justin bieber
De daduca a 26 de Setembro de 2010 às 23:35
Ok!Eu adoro.o lol agora vou te seguir e ver se fico atenta aos proximos post beijossssssss

comentar.